acessibilidade

Início do conteúdo da página

Maio
15
2020

Covid-19: Live sobre flexibilização das compras governamentais está disponível no Youtube da FACE

  Atualizada: 15/05/2020


 
Aproximadamente 100 pessoas acompanharam o debate online sobre “Covid-19: impactos das flexibilizações das compras governamentais e regras de utilização de materiais pela ANVISA”, realizado ontem (14/05) e já com a gravação disponível no canal do Youtube da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE) em:  https://www.youtube.com/watch?v=niA2euo9twQ.
 
O evento tratou das alterações no regulamento de compras pelo governo federal, amparadas pela Lei número 13.979, de 06 de fevereiro de 2020, da Presidência da República, para produtos e equipamentos de combate ao COVID-19. Os participantes debateram os impactos da pandemia nas empresas que fornecem produtos e equipamentos médico-hospitalares e a dificuldade que as entidades públicas e empresas privadas estão enfrentando para repor os estoques. A live também discutiu a dificuldade que as empresas de serviços terceirizados estão enfrentando para manter a segurança dos funcionários, principalmente, dos funcionários que trabalham em hospitais.
 
Além disso, o público teve a oportunidade de ouvir o panorama da pandemia do novo coronavírus na cidade de Fortaleza, onde o Complexo Hospitalar do Ceará é referência para o atendimento dos pacientes. Isso porque os palestrantes foram a chefe do Setor de Administração do Complexo Hospitalar do Ceará, Luciana Luz Alves, o diretor de Operações da Empresa Orbenk Serviços, Denilson Rodrigues e coordenador-geral de Contratos e Atas da Central de Compras do Ministério da Economia, Ricardo França Brito.

Esse foi o segundo encontro do projeto “Covid-19: Gerenciando riscos e interrupções na cadeia de suprimento hospitalar”, coordenado pela mestranda Angela Maria Azevedo Cardoso Marin, do Mestrado Profissional em Administração Pública (PROFIAP), da Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia (FACE/UFGD).
 
Estão previstos mais dois encontros. No dia 19 de maio, às 20h (horário de Brasília), será abordado o tema: “Como elaborar pedidos de compra e monitorar o consumo de materiais médico-hospitalares com demandas instáveis”. Já no dia 21 de maio, também às 20h, o assunto será: “Impactos no gerenciamento de resíduos de serviços de saúde com o aumento de resíduos infectantes”.
 
O  projeto “Covid-19: Gerenciando riscos e interrupções na cadeia de suprimento hospitalar” foi aprovado pelo edital do Comitê Operativo de Emergência (COE) e das Pró-reitorias de Ensino de Graduação (PROGRAD), de Extensão e Cultura (PROEX) e de Ensino de Pós-Graduação e Pesquisa (PROPP) da UFGD.