acessibilidade

Início do conteúdo da página

Junho
15
2020

Dicas de redução de gastos em empresas para enfrentar a crise do coronavírus

  Atualizada: 15/06/2020

Por Thiago Bruno de Jesus Silva (FACE-UFGD)

Devido à crise causada pela pandemia covid-19 e as medidas de enfrentamento para combatê-la, sobretudo a que trata do distanciamento social, tornou-se comum o volume de venda cair significativamente. Nesse cenário, reduzir gastos é importante para sobrevivência da sua empresa.
 
Dessa forma, traçamos 5 dicas de redução de gastos para auxiliar o seu negócio enfrentar a crise:
 
1 – Ter o conhecimento de cada centavo que sai do caixa
A primeira dica é saber o destino do dinheiro da empresa para estabelecer o ponto de equilíbrio financeiro. Assim, faça uma relação de todos os gastos, separe entre custos e despesas, fixas e variáveis. Isso deixa mais fácil visualizar o que pode ser mudado e impor metas para diminuir os gastos. Dessa forma, a empresa pode criar metas e limites para cada gasto, monitorar o que foi orçado e executado, por exemplo.
 
2 – Envolva a sua equipe
Sabendo-se que é difícil diminuir os gastos sem auxílio do seu time, faça reuniões e explique a necessidade de mudança, minimização dos custos com a ajuda de todos. Pequenas ações como reduzir documentos impressos, desligar as luzes e alguns equipamentos em horário de almoço, como ar-condicionado, que é um vilão de consumo de energia e agente de disseminação do coronavírus. Dê preferência para janelas abertas ou atividades que possam ser realizadas em home-office, com redução de diversos custos, de locomoção e despesas administrativas do local de trabalho.
 
Demonstre a importância de cada um no processo. É um momento, também, para escutar a sua equipe. Na maioria das vezes, a equipe tem ideias excelentes e que podem ser implementadas com a intenção de redução dos gastos.
 
3 – Envolva os seus fornecedores
É normal que, após tempo de relação, a empresa se acostume a comprar com determinado fornecedor, mas é importante solicitar outros orçamentos para análise, visto que os preços de compra podem variar bastante, além de ser uma oportunidade de encontrar produtos similares com preços melhores.
 
Certifique-se que esse produto não é inferior em questão de qualidade e procure renegociar os valores com seu atual fornecedor antes de fazer pedido com um novo fornecedor. Além disso, estruture o seu processo de compra, definindo um responsável e criando indicadores para monitorar a eficiência do processo de compras da empresa.
 
4 – Corte de pequenos gastos
Na quarta dica, analise os contratos de telefonia e internet, verifique se está de acordo com a necessidade e demanda da empresa. Muitas vezes, as empresas cobram por serviços que não fazemos uso. Dessa forma, é importante revisar quais as reais necessidades telefônicas de sua empresa para definir o plano ou pacote mais adequado. Com esses dados nas mãos, pesquise outros planos, compare com outras prestadoras de serviços e peça orçamentos para fazer melhor estudo.
 
Outro ponto é a questão das tarifas do banco, que, de igual modo, é preciso analisar se o seu pacote de serviços e as tarifas estão de acordo com sua necessidade, podendo inclusive verificar valores cobradas por outros bancos. Vale considerar, também, a possibilidade de usar bancos digitais, os quais têm gratuidade de taxas diversas.
 
5 – Análise do regime tributário
Por fim, uma vez por ano, faça o planejamento econômico e tributário da empresa com o seu contador, analisando se o atual regime tributário é a melhor opção e a mais adequada para o porte de seu negócio.
 
Nessa crise, aprenda que não se pode gerenciar o seu negócio na base do impulso e que você deve discutir com o seu contador sobre a necessidade de ter informações contábeis que auxilie na tomada de decisões.
 
Coloco-me a disposição, de forma virtual, para tentar auxiliar você, pequeno empresário, a enfrentar a crise do coronavírus quanto à gestão financeira. O meu e-mail institucional é: thiagobsilva@ufgd.edu.br.
 
*Esse texto teve o auxílio da Professora Elise Soerger Zaro (UFGD) e Cristian Baú Dal Magro (Unochapecó).
 
**Estas orientações fazem parte do projeto de extensão Dicas de gestão financeira para sua empresa enfrentar a crise do Coronavírus, cujo o objetivo é motivar os empresários dos pequenos negócios a enfrentar a crise causada pela pandemia do coronavírus e orientar, de forma virtual, sobre dicas de gestão de negócios que podem auxiliar nesse momento extraordinário.
 
Referências e mais Informações:
https://blog.sigecloud.com.br/7-dicas-para-sua-empresa-enfrentar-a-crise-financeira-do-coronavirus/
https://portal.ufgd.edu.br/setor/assessoria-comunicacao/informe/covid-19-5-dicas-para-sua-empresa-enfrentar-a-crise